Alimentos do POAPMC

Distribuição Alimentar – POAPMC                                                                                 

A Fundação Santo António, na qualidade de Entidade Mediadora, é a única entidade do concelho de Marco de Canaveses que está implicada, desde Outubro de 2017, na distribuição alimentar proveniente do Programa Operacional de Apoio às Pessoas Mais Carenciadas-POAPMC, candidatura n.º POAPMC-01-74FEAC-000040, Tipologia 1.2.1. O POAPMC, Tipologia 1.2.1, distribui cabazes alimentares, compostos por 18 alimentos (alguns congelados e frios, outros secos) por um período de 24 meses, que visa assegurar 50% das necessidades energéticas e nutricionais a cerca de 60.000 pessoas que em Portugal Continental beneficiarão deste apoio. O POAPMC é financiado pela União Europeia através de verbas do Fundo de Auxilio Europeu às Pessoas Mais Carenciadas (FEAC em 85%)) e pelo Orçamento de Estado Português (15%), implementado pelo Instituto da Segurança Social com a colaboração de inúmeras entidades do país com experiência na distribuição alimentar aos mais desfavorecidos. Para o território de Marco/Baião o POAPMC definiu apoiar 465 pessoas (265 no Marco de 200 em Baião). A referida candidatura tem como parceiros o Banco Alimentar do Porto (Polo de Receção) a Fundação Santo António (Entidade Mediadora no concelho do Marco de Canaveses, distribui 265 cabazes), a Santa Casa da Misericórdia de Baião (Entidade Mediadora em Baião, distribui 100 cabazes), a Obra de Bem-Estar Rural de Baião OBER (Entidade Mediadora em Baião, distribui 100 cabazes). A distribuição alimentar executada pela Fundação Santo António aos 265 beneficiários provenientes de todo o concelho do Marco de Canaveses, realiza-se, normalmente, uma vez por mês, a partir da Sede da Instituição e da Casa CAERUS no centro da cidade do Marco.